9 boas práticas que dão bons resultados na grande maioria dos casos.



1. Tenha uma metodologia bem pensada

Dependendo do quão avançado for determinado grupo de Leads pense na melhor forma de transmitir confiança na sua solução. Use de muito conteúdo, estudos de caso e demais ferramentas no momento e frequência que tragam mais resultados.


2. Distribua oportunidades de negócio de forma automatizada

Crie uma segmentação com as interações que lhe demonstrem claro interesse de compra. Use essa segmentação com gatilho de um fluxo de automação e distribua os Leads entre os vendedores.


3. Use o estágio do Lead no funil de vendas

Crie automações que marquem como clientes seus novos usuários. Dessa forma você evita engajamentos indevidos com clientes e Leads que já estão sendo abordados por um vendedor.


4. Seja transparente

Em alguns casos, a melhor estratégia é a transparência, deixando claro para o Lead o por que ele está recebendo aquele e-mail, com que frequência será o contato e quando ele receberá o próximo e-mail.


5. Use um e-mail pessoal como remetente

Se a ideia central é personalizar a comunicação, evite que seu e-mail pareça tão automático e impessoal. Uma boa dica é usar um colega de time ou consultor como remetente do e-mail


6. Personalize tudo o que for possível.

Se sua mensagem puder carregar o nome do Lead, o nome da empresa em que ele trabalha ou mostrar que entende o contexto do usuário, melhor ele será recebido.


7. Crie fluxos de automação para as suas principais objeções de compra

Criar fluxos para Leads desqualificados ou que tiveram objeções que impediram a compra. Com eles você pode fazer uma nutrição específica para: conseguir determinada informação, mostrar urgência de compra, atualizar sobre melhorias de produto e muito mais.


8. Atualize periodicamente o conteúdo de fluxos antigos

Assim como acontece com os posts, com o passar do tempo seus e-mails podem estar afirmando coisas que já não são mais verdade ou que precisam de adições. Atualize com certa periodicidade os e-mails dos fluxos e tenha certeza do que você está falando.


9. Quantidade de fluxos x Resultados

Trabalhar com mais fluxos de forma geral melhorará o seu desempenho, mas tem um alto custo de mão de obra para o seu planejamento e criação


Clique aqui para saber mais.