Como você pode criar ou iniciar a reformulação da sua marca atual.



Há muitas coisas relacionadas a uma marca e muito a considerar ao construir uma marca forte.

Pensando nisso separamos algumas dicas para você fazer isso da maneira correta.


1. Determine o seu público-alvo.


Antes de tudo, você deve entender com quem a sua marca estará falando. Quem seu produto atende? Quem é seu cliente ideal? Por que você criou seu negócio? O que você aprender sobre seu mercado-alvo e personas influenciará suas decisões de marca no futuro, portanto, faça desta etapa sua primeira prioridade.


2. Estabeleça sua missão.


Responder as perguntas anteriores o ajudará a construir sua declaração de missão, que define seu propósito e paixão como organização. Antes de criar uma marca que seu público reconheça, valorize e confie, você deve ser capaz de comunicar o propósito que sua empresa oferece.

Sua declaração de missão é um bloco de construção de seu manifesto de marca, que abrange por que sua organização existe e por que as pessoas devem se preocupar com sua marca.


3. Defina seus valores, qualidades e benefícios.


O que é uma coisa que sua empresa tem que ninguém mais pode imitar? Por isso, você deve garantir que sua marca seja composta e inspirada por elementos que são exclusivamente seus: os valores, benefícios e qualidades que tornam sua empresa única.

Reserve um momento para fazer uma lista do que diferencia sua empresa das outras (como seus produtos ou serviços melhoram vidas e contribuem para o sucesso).


4. Crie seus ativos visuais.


Se você pode dizer com confiança que domina as etapas anteriores, é hora de passar para uma das partes mais interessantes da marca, o design visual. Estamos falando sobre seu logotipo, paleta de cores, tipografia, e outros componentes visuais.

Conforme você cria esses elementos, construa um MIV para controlar a composição e o uso de seus ativos visuais. Isso garantirá que qualquer pessoa que use sua nova marca o faça de maneira precisa e consistente.


5. Encontre a voz da sua marca.


Como sua marca soaria se você tivesse uma conversa com ela ou se ela lhe mandasse uma mensagem de texto?

A forma como você se comunica com seu mercado-alvo também é considerada parte de sua marca. Você precisa definir uma "voz" de marca que conecte e ressoe com seu público. De suas campanhas publicitárias e legendas a suas postagens de blog, certifique-se de que seu tom seja consistente em todo o seu conteúdo escrito.


6. Coloque sua marca para funcionar.


Sua marca só funciona se você fizer isso. Depois de terminar de projetar e criar ou reformular sua nova marca, integre-a em cada centímetro de seu negócio. Preste atenção extra para garantir que ele seja exibido em qualquer lugar em que sua empresa toque os clientes.


Aqui estão algumas dicas para aplicar sua marca em sua organização.


  • Local na rede internet: espalhe seu logotipo, paleta de cores e tipografia em seu site, sempre respeitando o MIV. Além disso, certifique-se de que todos os textos da web, refletem a "voz" de sua marca;

  • Embalagem: se você tem um negócio de produtos físicos, seu produto é provavelmente a maneira mais tangível de os clientes interagirem com sua marca. Por esse motivo, sua embalagem deve refletir sua nova marca;

  • Mídia social: todas as fotos de perfil, arte da capa e imagens de marca devem refletir sua marca. Considere colocar seu logotipo como sua foto de perfil, isso tornará mais fácil para os clientes reconhecerem sua empresa;

  • Propaganda: como os anúncios são frequentemente usados ​​para estabelecer o conhecimento da marca e apresentar aos consumidores sua marca, é fundamental que eles reflitam isso. Na verdade, sua marca deve tornar o processo de criação de anúncios mais fácil;

  • Vendas e atendimento ao cliente: uma marca é tão poderosa quanto as pessoas por trás dela, e se seu pessoal não estiver colocando sua marca para funcionar, ela não funcionará para você. Informe o pessoal de vendas e atendimento ao cliente sobre as diretrizes de sua marca e diga-lhes para usá-las;

  • Não deixe a inspiração se transformar em imitação: a análise competitiva é importante. Isso não apenas o educa sobre a posição de seus concorrentes e como eles estão se destacando, mas também pode fornecer ideias sobre como você pode melhorar ou diferenciar ainda mais sua marca. No entanto, esteja atento para não cair na armadilha da imitação.


Clique aqui para saber mais sobre criação de logo.