Os erros mais comuns ao trabalhar com a Automação de Marketing.



Alguns erros são muito comuns quando se começa a utilizar a automação de marketing na empresa, baseado nisso separamos algumas dicas que são muito úteis nesse início de automação.


Pensar que a ferramenta automatiza tudo: O papel da ferramenta é automatizar as suas decisões de relacionamento. Ou seja, se o time de marketing não entende sua base e a forma correta de se relacionar com ela, somente estaremos automatizando o erro, não basta somente automatizar. Vai ser preciso acompanhar eventuais respostas, responder e encaminhar dúvidas e melhorar seus fluxos sempre que possível.


Não pensar na jornada de compra: Uma boa forma de saber o quão vendedor você deve ser é conhecer a jornada de compra dos seus clientes. Se você tentar vender antes desse momento, uma pequena parte do mercado irá comprar, enquanto a maioria restante deixará de ler os seus próximos e-mails, pois elas ainda precisam entender melhor a sua necessidade antes efetivar a compra.


Não migrar/segmentar a base: Para personalizar a comunicação, precisamos segmentar a base da melhor forma, que nada mais é que agrupar leads com características semelhantes, que quanto mais segmentada estiver a comunicação, melhor você conseguirá transmitir e captar valor dos seus leads. No caso da automação de marketing o que precisamos agrupar são leads que tenham interesse na mesma solução, e que estejam no mesmo momento da sua jornada de compra.


Não analisar e otimizar: testar várias estratégias e modelos, medir e replicar o que está funcionando melhor. As principais métricas a serem observadas na hora de analisar a eficácia dos seus fluxos de automação de marketing são: CTR, taxa de abertura, taxa de clique e volume absoluto.


Clique aqui para saber mais.

Recomendado para você